Capa expulsos BBB

A 20ª edição do ‘Big Brother Brasil‘ tá “dando o que falar” e não estamos nos referindo só aos memes. Foi por muito pouco que alguns dos competidores deste ano não foram expulsos do programa, e mesmo que a postura polêmica dos “brothers” tenha deixado os telespectadores indignados, a direção do programa concluiu que não foram casos dignos de expulsão. 

Em realities shows como esse, os participantes têm suas habilidades psicológicas testadas ao limite e suas emoções cada vez mais ficam à flor da pele.

E os fãs não deixam passar nenhum detalhe! A cada semana que passa, conhecemos melhor os confinados e suas qualidades começam a vir à tona: companheirismo, amizade, amor, mas também inveja, ciúme e competitividade em excesso.

A repulsa do público quanto às atitudes dos competidores dessa edição do programa está clara nas redes sociais, o que tem chamado a atenção da DEAM (Delegacia Especial de Atendimento à Mulher), de Jacarepaguá (RJ), que está investigando os casos do ‘BBB 20’. Até mesmo os famosos estão se manifestando, pedindo pela expulsão desses participantes. Essa não é a primeira edição do reality a gerar polêmica entre os espectadores. A primeira expulsão aconteceu no ‘BBB 12’, com um caso que foi considerado muito grave, e a edição de 2019 foi a que bateu o recorde com 3 expulsões, sendo que um dos competidores nem mesmo chegou a entrar na casa.

Veja também: Quem são os filhos gerados por casais de ex-BBBs!

Você consegue se lembrar de todos os participantes que foram devidamente expulsos da casa e as razões pelas quais eles deixaram a competição? Confira os ex-BBBs que foram expulsos do programa:

Daniel Echaniz (BBB 12)

Esse foi o primeiro participante a ser expulso do Big Brother Brasil. Durante a edição que aconteceu em 2012, o brother Daniel foi retirado do programa após uma atitude que gerou grande revolta fora da casa. Ambos embriagados em uma noite de festa, o modelo Daniel foi para debaixo do edredom com Monique Amin e o competidor foi acusado de abusar da sister, já que pelas filmagens Monique aparentava estar desacordada e inconsciente. No dia seguinte, a moça disse no confessionário que não se lembrava do episódio. A polícia foi até os estúdios Globo e o brother foi expulso por “grave comportamento inadequado”. Já fora da casa, o ex-BBB foi inocentado da acusação e o caso foi arquivado.

Expulsos do BBB
Daniel Echaniz e Monique Amin no “BBB 17”. (Foto: Reprodução/ Twitter)

Ana Paula Renault (BBB 16)

“Olha ela”! Ana Paula foi a primeira participante expulsa do ‘BBB’ por agressão. A mineira de opiniões fortes era a favorita da 16ª edição do programa. Durante uma discussão, Ana Paula deu dois tapas no rosto do seu maior rival dentro da casa, Renan Oliveira, que foi logo para o confessionário denunciá-la por agressão e pedir pela desclassificação da participante. Ana foi expulsa logo na manhã seguinte, sem ao menos poder fazer as próprias malas. Mas parece que a Globo lidou de maneira diferente com esse caso, já que ela virou repórter no “Vídeo Show” e voltou para a festa da final do ‘BBB16’, o que não aconteceu com os outros expulsos do programa.

Expulsos do BBB
Ana Paula Renault e Renan Oliveira, BBB 17. (Fotos: Reprodução/ Instagram/ @anapaularenault/ @renan_oliveira_1)

Marcos Harter (BBB 17)

O médico cirurgião foi expulso já na reta final da edição. Ele estava em um relacionamento nada saudável com Emilly Araújo (que acabou vencendo a edição). Durante a última briga do casal, que aconteceu em uma festa, Marcos a encurralou contra a parede, gritou com ela, apontou o dedo na cara da moça e, ainda, a segurou pelos braços, deixando hematomas. A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no RJ, pediu as gravações do acontecimento a emissora para analisar as imagens a briga. Mesmo que Emilly tenha declarado no confessionário que não se sentiu agredida, o programa decidiu expulsar o participante: “agressão gera expulsão”, disse Tiago Leifert. 

Expulsos-do-BBB
Marcos Harter e Emilly Araújo, BBB 17. (Fotos: Reprodução/ Instagram/ @drmarcosharter/ @emillyaraujoc)

Hariany Almeida (BBB 19)

A goiana foi expulsa do programa faltando muito pouco para a grande final. Aparentemente embriagadas, Paula Von Sperling e Hariany tiveram um desentendimento durante uma das últimas festas da edição. O incidente aconteceu em um dos quartos, quando Paula foi de encontro a Hariany para dar um abraço, que por sua vez empurrou a sister, que caiu no chão e bateu as costas em uma cama. Claro, o ato da participante causou grande revolta entre os internautas e a sister foi expulsa por agressão física. Paula, que acabou vencendo o prêmio de 1,5 milhão de reais, por conta de alguns comentários durante o confinamento, foi indiciada pela Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância), por preconceito e intolerância religiosa.

Expulsos-do-BBB
Hariany Almeida (à esquerda nas fotos) e Paula Von Sperling, BBB 19. (Fotos: Reprodução/ instagram/@harialmeida_)

Vanderson Brito (BBB 19)

Neste caso, foram fatores externos que levaram o participante a ser expulso do programa. Em 2019, Vanderson foi convidado a se retirar da 19ª edição do ‘BBB’ por ter sido acusado de agressão contra 3 mulheres fora da casa. Assim que o nome de Vanderson foi divulgado pela Globo, uma ex-namorada dele foi às redes sociais e o denunciou por comportamentos abusivos. Depois disso, mais duas mulheres abriram denúncias contra ele por agressão. o acriano teve que depor na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no RJ, e por esse motivo, foi desclassificado da competição. Ele acabou voltando para o Acre para se defender e, com isso, as denúncias de agressão, estupro e importuno ao pudor acabaram sendo arquivadas por falta de provas.

Expulsos-do-BBB
Vanderson Brito, expulso do BBB 19. (Fotos: Reprodução/ Instagram/ @vandersonbrito)

Bônus: Petrix Barbosa (BBB 20)

Petrix possivelmente só não foi expulso porque foi eliminado antes pelo público, com mais de 80% dos votos. O caso do ginasta se assemelha ao de Vanderson Brito, do ‘BBB 19’. Petrix foi intimado pela polícia a prestar depoimento sobre as 3 acusações de assédio sexual ocorridas dentro do ‘BBB 20’, enquanto ele ainda competia pelo prêmio de 1,5 milhão de reais. E, mesmo com as investigações policiais em andamento, a emissora do programa entendeu que os episódios não foram dignos de expulsão e aplicou apenas uma penalidade ao competidor. A namorada de Petrix, a modelo alemã Joline Heitmann, declarou pelo Instagram que está seguindo o caso, e que “Petrix é uma pessoa adorável e de coração aberto, o que é fácil de ser mal interpretado”, além disso, ela disse que “sempre irá apoiá-lo da melhor forma possível como sua namorada”.

Se você gostou desse artigo, compartilhe com os seus amigos no Facebook!

Expulsos-do-BBB
Petrix Barbosa (BBB 20), e a namorada Joline. Fotos: Reprodução/ Instagram/ @joline_htm/ @petrixbarbosa)