Cassia Kiss aborto
Advertisement

Nesta última quinta-feira (12), Cássia Kiss, 65 anos, participou do programa ‘Encontro’, na TV Globo. Na ocasião, a atriz revelou ter realizado um aborto em 1985, quando ainda era jovem, apesar de o ato ser considerado ilegal no Brasil.

O assunto veio à tona quando Cássia Kiss falou sobre seu trabalho na primeira versão da novela Pantanal (1990). Na trama ela viveu Maria Marruá que tem o trauma de ter perdido três filhos e então rejeitar a quarta gestação. As cenas mostram que quando Juma nasce, Maria coloca a filha dentro de uma canoa  para o rio levar, porém se arrepende e resgata o bebê.

Cássia afirmou que atualmente ‘defende a vida’ e que dois trabalhos em sua carreira, Pantanal e Barriga de aluguel (ambos em 1990), lhe trouxeram a questão da maternidade de maneira ‘muito forte’: “Aquilo me trouxe uma coisa que foi incrível, [depois da novela] eu pari pela primeira vez. Meu primeiro filho eu tive em 1995, mas antes disso eu tive essa experiência [personagem de Maria Marruá] e, logo em seguida eu fiz ‘Barriga de Aluguel’. Dois projetos que trouxeram a questão  da maternidade de maneira muito forte em mim”, disse a atriz.

E conclui: “Em 1985, eu tinha feito em aborto.

Advertisement

Eu fiz, não foi um aborto espontâneo e isso mudou muito a minha vida. Hoje, eu sou uma madrinha que defende a vida, que protege a vida. Então, as mulheres que querem fazer o aborto, eu corro atráz para não fazerem. Eu fui parar nesse lugar graças a esses dois projetos. Tomei a decisão de ter filhos, tive seis, quatro estão aqui na terra e dois estão lá em cima”.

O assunto repercutiu pelas redes sociais

Por outro lado, o assunto polêmico dividiu as opiniões entre os internautas. Uns concordam e outros são contra o posicionamento da atriz:

As pessoas que são a favor de assassinatos de bebês, estão com raiva do discurso pró vida da Cássia Kiss, enquanto os cães raivosos babam de raiva, nós damos um viva a Cássia Kiss”, declara um internauta no Twitter.

E, finalmente, outro discorda: “Eu, jurando que a Cássia Kiss estava sã, até ver o show de absurdos que ela falou no #Encontro – recriminou aborto, falou que as queimadas do Pantanal são naturais, só existe fé no catolicismo…”.