eloisa fontes

A história de Eloisa Fontes, a modelo de 26 anos encontrada nesta-terça feira, 6 de outubro, em favela do Rio, tem muitos pontos obscuros. A família está tentando entender o que aconteceu com a jovem que a levou a sumir do mapa, primeiramente por 5 dias em Nova York e posteriormente, por 1 ano aqui no Brasil.

Para seguir a carreira de modelo internacional, Eloisa se mudou para Nova York em 2019.

Nos Estados Unidos, a modelo trabalhou para grifes como Louis Vitton e Dolce & Gabbana, além de sair nas capas de revistas como Glamour, Elle, Grazia e L’Officiel. Ainda não se sabe o motivo, mas nesse período, Eloisa teria tido um surto, teria interrompido o contato com a família e desaparecido. Após 5 dias, a polícia americana a encontrou desorientada, vagando pelas ruas.

No final de 2019, sem avisar ninguém, Eloisa Fontes veio ao Rio de Janeiro e entrou em contato com a agência “Joy Model” para oferecer seus trabalhos. A Joy Model revelou ao UOL que se interessou muito pela modelo, mas que com o início da pandemia deveriam deixar para iniciar possíveis trabalhos mais para a frente.

Eloisa Fontes
Imagens: Instagram Eloisa Fontes

Como Eloisa Fontes foi parar em favela

De acordo com um amigo da família, no Brasil, Eloisa encontrou um namorado. Porém teve um surto e foi nessa ocasião que a modelo teria fugido da casa do mesmo. Eloisa então teria ido para as comunidades Jacarezinho e Cidade de Deus para viver como mendiga.

Um ano se passou sem que a família de Eloisa tivesse notícias da mesma. Até que a modelo foi encontrada por agentes do Segurança Presente, no Morro do Cantagalo, no Rio. Segundo os agentes, Eloisa estava desorientada e arriscava a vida, pois circulava em local perigoso.

Atualmente Eloisa está internada em hospital psiquiátrico e seu estado é estável.

 Eloísa foi casada com o modelo russo Andre Birleanu com quem teve uma filha chamada Azzurra. É o ex marido quem tem a guarda da criança.

Se você gostou do nosso artigo, compartilhe com os seus amigos no Facebook!

Imagem acima: Instagram Eloisa Fontes