absorventes gratis

A Escócia se tornou o primeiro país a garantir absorventes grátis para todas as mulheres. O projeto de lei tinha sido feito no início do ano pela parlamentar Monica Lennon, que sempre esteve comprometida com o combate à “pobreza atual”, ou seja, a dificuldade de acesso aos bens essenciais devido à pobreza econômica.

Na Escócia absorventes grátis para todas as mulheres

A Escócia se tornou o primeiro país a garantir absorventes grátis à todas as mulheres, demonstrando ter vencido uma batalha de civilização iniciada em 2018.

Na verdade, há dois anos, o país já tinha disponibilizado absorventes nas escolas e universidades. De acordo com a BBC, o custo mensal de 9 libras esterlinas, para a compra de produtos para o ciclo menstrual, não era acessível para todas.

A lei aprovata poucos dias atrás, a Period Products (Free Provision) (Escócia) Bill, também visa combater a ideia do ciclo como tabú. Na verdade, uma pesquisa revelou que cerca de 71% das mulheres entre 14 e 21 anos, se sentem constrangidas em comprar produtos para a menstruação, como absorventes. Autoridades locais, organizações esportivas e até instituições de caridade agora distribuirão os absorventes. Para custear as despesas, foram alocados pouco mais de 9 milhões de libras esterlinas.

As palavras de Monica Lennon, a mulher do “milagre” escocês

A promover este projeto que virou lei foi a parlamentar Monica Lennon, que comentou com estas palavras a decisão do governo escocês: “Esta lei irá garantir que ninguém seja privado de produtos essenciais para o ciclo”. Em seguida, acrescentou: “A campanha foi aprovada por uma ampla coalizão, incluindo sindicatos, organizações femininas e instituições de caridade. Milhares de apoiadores desempenharam um papel, incluindo pessoas que compartilharam suas experiências de pobreza durante o período, e eu sou grata à todos.”

A Escócia então se tornou o primeiro país do mundo a garantir absorventes grátis para as mulheres. Entretanto no Brasil, os impostos sobre os absorventes estão entres os mais altos do mundo. Uma pesquisa divulgada pelo site metropoles.com revelou que durante a vida, uma brasileira paga ao governo de R$ 852 a R$ 4.849 somente de taxas sobre os absorventes. A variação depende do modelo e valor do produto. Para fazer a média, foram considerados 5 dias de ciclo, a cada 28 dias e a utilização de 4 absorventes por dia.

Todavia, o estado do Rio de Janeiro sancionou uma lei que faz com que os absorventes sejam distribuidos junto da cesta básica, que já são distribuídas de graça para a população carente. Inspirada na lei escocesa, a deputada federal Tabata Amaral (PDT – SP), também fez um projeto de lei para a distribuição dos absorventes grátis, mas com a pandemia, o projeto segue parado.

Quem sabe se um dia também conseguiremos esta conquista! Ajudaria muitas mulheres.

Se você gostou do nosso artigo, então compartilhe com os seus amigos no Facebook!

Imagem acima: Pexels

Veja também:

https://www.dicasdecasaebeleza.com.br/nao-durante-ciclo/