estudante autista medicina
Advertisement

Momento de felicidade e realização para um estudante autista! No fim de 2021, Elizeu Augusto de Freitas Junior fez o Enem pela primeira vez e no mês passado soube que havia conquistado a vaga em Medicina. O rapaz é do interior de Rondônia e agora a família se prepara para acompanhá-lo em sua mudança para Goiás.

Esforço e dedicação

Elizeu Augusto de Freitas Junior, 19 anos, autista. O rapaz foi aprovado em 1º lugar em Medicina na Universidade Federal de Jataí, Goiás. Ele é morador do município de Candeias do Jamari, Rondônia.

Muito esforço, dedicação e a certeza de que conseguiria o levou a estudar oito horas por dia, todos os dias. Estudava em casa, através de plataformas online e além disso fez também um curso de redação. Como resultado alcançou 840 pontos na prova de redação.

Escolas sem inclusão dificultam o processo de estudantes autistas

Elizeu foi diagnosticado com autismo aos 12 anos de idade. Desde então ele e sua família enfrentaram muitos problemas. Certamente a falta de inclusão nas escolas brasileiras foi uma das maiores dificuldades. Foi reprovado no ensino fundamental. Mas, apesar de todos os impedimentos, o rapaz nunca desistiu. Foi superando todas as barreiras e por fim, com muito estudo e dedicação concluiu a fase escolar.

Advertisement

Sempre teve o apoio da família e isso fez com que Elizeu insistisse no sonho de entrar na faculdade. E certamente tinha que ser na área de saúde! Através do sistema de cotas para pessoas deficientes, o jovem estudante conseguiu o primeiro lugar em Medicina.

Objetivo

“Somos capazes de realizar qualquer um dos sonhos que tivermos. Tudo é dedicação e esforço. A gente só precisa acreditar no nosso potencial”. Estas foram as palavras do estudante autista Elizeu que pretende se especializar em neurologia.  Seu objetivo é ajudar os autistas e seus familiares a superarem as barreiras trazidas pelo autismo.

Autismo

O Transtorno do Espectro do Autismo(TEA) é uma condição de saúde de fato caracterizada por déficit na comunicação social e comportamental. A pessoas portadora do autismo sente dificuldade na socialização e comunicação verbal e não verbal, assim como manifesta interesses restritos, hiperfoco e movimentos repetitivos, entre outros sintomas dependendo do nível de autismo.