filmes de empoderamento feminino

Feminismo e empoderamento feminino – apesar de interligados, são conceitos diferentes. Enquanto o feminismo é considerado um movimento que luta pela equidade social, política e econônica entre gêneros, o empoderamento feminino é a consciência coletiva, resultado de ações que fortalecem as mulheres. Ou seja, o empoderamento feminino nada mais é que a consequência dos movimentos feministas.

Há um bom tempo as mulheres pelo mundo vem batalhando para conquistar a igualdade de gênero e fortalecer o papel de todas as mulheres na sociedade, seja no ambiente familiar ou corporativo.

Direito ao voto, leis do trabalho, lideranças corporativas, direito ao estudo, salários justos… Esses e outros direitos foram conquistas que infelizmente mulheres corajosas e determinadas tiveram que ir às ruas e protestar para mudar a realidade.

Mulheres empreendedoras que procuram ganhar mais espaço no trabalho, mães solteiras em busca de oferecer boa qualidade de vida aos filhos ou donas de casa e esposas oprimidas pelos companheiros. Essa lista de filmes maravilhosos que preparamos à você foi criada para inspirar não só mulheres, mas todos aqueles que procuram enfrentar qualquer tipo de desigualdade ou injustiça.

Cada história envolve uma mulher determinada e resiliente, então prepare a pipoca e o brigadeiro e veja a lista de filmes que selecionamos com mulheres protagonistas de suas próprias histórias.

1) Revolução em Dagenham (2010)

O primeiro filme da lista que preparamos sobre o empoderamento feminino é a Revolução em Dagenham. O filme mostra mulheres que protestam em busca de igualdade de gênero. Dagenham é um bairro londrino, onde ficarava a sede de uma das fábricas da Ford. Além do mais, a história se passa em 1968, quando a empresa empregava 55 mil funcionários homens e apenas 187 mulheres – que trabalhavam como costureiras dos bancos de automóveis. O protesto dessas mulheres era, principalmente, em prol de melhorias nas condições de trabalho e salários competitivos aos dos homens.

Revolução em Dagenham filme
Sally Hwakins em Revolução em Dagenham – Fonte imagem: fotograma Youtube Sony Pictures Classic

2) As Sufragistas (2015)

O direito ao voto no Brasil só foi conquistado em 1932. Além disso, ainda no século XX, a educação feminina era voltada somente aos cuidados com o lar e a familia. Pois bem, este filme mostra exatamente isso. Londres, começo do século XX, início do movimento feminista que tentou chamar a atenção de políticos, procurando incluir as mulheres às questões de voto e educação. No filme, as incríveis atrizes Meryl Streep, Helena Bonham Carter e Carey Mulligan nos fazem experienciar como foi a realidade desta época.

Carey Mulligan em as sufragistas
Carey Mulligan em As Sufragistas – Fonte imagem: fotograma Youtube Movieclips Trailers

3) Estrelas Além do Tempo (2017)

O filme baseado em fatos reais conta a história de três mulheres negras que trabalham na NASA em 1961, durante a Guerra Fria. O foco é ressaltar a invisibilidade feminina na agência americana, já que o local de trabalho era exclusivamente masculino, assim como a forte questão do preconceito racial. Esse filme é maravilhoso, pois as protagonistas, interpretadas por Janelle Monáe, Taraji P. Henson e Octavia Spencer, após muita persistência, tornaram-se fundamentais para a trajetória dos EUA.

Estrelas além do tempo filme
Taraji P. Henson em Estrelas Além do Tempo – Fonte imagem: fotograma Youtube 20th Century Fox

4) A Menina de Ouro (2004)

Não é à toa que esse filme conseguiu tantos prêmios. Essa história mostra que não há limites para conseguir o que desejamos. Maggie Fitzgerald, papel da atriz Hilary Swank, é uma mulher pobre que tem o sonho de se tornar uma boxeadora profissional. Muito mais do que um filme sobre box, é de fato um drama sobre coragem, determinação e superação.

Hilary Swank em A Menina de Ouro
Hilary Swank em A Menina de Ouro – Fonte imagem: fotograma Youtube Arthaus

5) Rainha de Katwe (2016)

História sobre a vida de Phiona, interpretada pela atriz Madina Nalwanga, a menina que mora numa região pobre de Uganda, orfã de pai e que é obrigada a deixar a escola para trabalhar nas ruas. Contudo, após assistir à uma aula de xadrez, se apaixona pelo jogo e decide que irá superar todas as suas dificuldades para realizar o sonho de se tornar uma das melhores enxadristas do mundo. Entre as várias lições do filme – amor à família, persistência, humildade e desapego aos bens materiais – o drama mostra a trajetória de ascensão de Phiona em meio às adversidades.

Rainha de Katwe filme
Madina Nalwanga em Rainha de Katwe – Fonte imagem: fotograma Youtube Walt Disney Studios

6) Joy – O Nome de Sucesso (2015)

Dedicado às mulheres audaciosas, o filme conta a história real de Joy Mangano. Mãe solteira de dois filhos que está passando por uma fase financeira bem ruim. Joy de fato cria várias ideias de produtos para casa revolucionários após um pequeno acidente doméstico. Interpretada por Jennifer Lawrence, a história fala sobre uma mulher empreendedora que, mesmo passando por dificuldades em casa, precisa enfrentar provocações e obstáculos para alcançar o sucesso tão desejado.

Jennifer Lawrence em Joy o nome de Sucesso
Jennifer Lawrence em Joy- O Nome de Sucesso – Fonte imagem: fotograma Youtube Movieclips Trailers

7) Um Senhor Estagiário (2015)

Neste caso, a personagem interpretada por Anne Hathaway é a criadora de um bem-sucedido e-commerce de roupas e que, apesar do contínuo sucesso da empresa, passa por problemas em sua vida pessoal, como resultado de uma rotina extremamente ocupada por ser presidente de sua empresa. O filme fala muito sobre mulheres na liderança e discute como conciliar família, casa e trabalho. Outro filme tão inspirador quanto esse, em que Anne contracenou com Meryl Streep, é O Diabo Veste Prada.

Anne Hathaway em um senhor estagiário
Anne Hathaway em Um Senhor Estagiário – Fonte imagem: fotograma Youtube Warner Bros. Pictures

8) Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento (2000)

O filme conta a história da personagem real Erin Brockovich. A atriz Julia Roberts interpreta a mãe solteira de três filhos, pobre e desempregada que luta para manter os seus filhos pequenos. Em resumo, Erin injustamente perde um processo judicial contra um médico após um acidente de carro, começa a trabalhar numa pequena empresa de advocacia que está mal das pernas e pede à seu chefe para começar a investigar sozinha um caso de extrema importância ambiental.

Erin Brockovich
Julia Roberts em Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento – Fonte imagem: fotograma Youtube Movieclips

9) Coco antes de Chanel (2009)

Até hoje Coco Chanel é inspiradora não só para aqueles que atuam no ramo da moda. Imagine: França no início do século XX, uma mulher muito pobre no início de uma carreira complicada, mas com ideias incríveis, perseverança e muita coragem. Hoje, conhecida mundialmente por ter revolucionado o mundo da moda e por quebrar qualquer paradígma, inclusive ousando em se vestir com roupas masculinas. No filme, Coco Chanel é interpretada por Audrey Tautou.

Coco Chanel filme
Audrey Tautou em Coco antes de Chanel – Fonte imagem: fotograma Youtube WatchCulturetainment

10) Frida (2002)

A famosa artista mexicana, nascida no início do século XX e, no drama interpretada por Salma Hayek, precisou enfrentar grandes dificuldades desde cedo. Frida Kahlo se envolveu com Diego Rivera, um famoso pintor, e foi com ele que ela acabou se envolvendo com a política. Frida se negou a viver de acordo com os padrões de sua época e se transformou num grande ícone do empoderamento feminino. Ela de fato costumava expressar seus sentimentos e sua realidade através de suas obras.

Salma Hayek em Frida
Salma Hayek em Frida – Fonte imagem: fotograma Youtube Miramax

11) Valente (2012)

Esta princessa é certamente diferente comparada às princesas da Disney. Merida é uma jovem de espírito livre, não tem nada de delicada e não quer fazer parte da realeza. Ela se rebela contra seu pai e, principalmente, sua mãe por não querer aceitar que coloquem sua mão à disputa. Pode até ser um filme mais light comparado aos outros desta lista, mas nos ensina o quanto é válido ser forte e persistente, sobretudo quando se quer fugir dos padões.  

Valente Disney
Valente – Fonte imagem: Fonte imagem: fotograma Youtube Movieclips Trailers

12) O Sorriso de Mona Lisa (2003)

O filme se passa em uma escola tradiconal feminina dos EUA nos anos 50, que, através de um rigoroso ensino, formava cultas esposas e responsáveis mães. A professora Katharine Watson, interpretada pela atriz Julia Roberts, incomodada com o conservadorismo da sociedade e do local onde trabalha, tenta passar uma nova visão de vida para suas as alunas, dizendo não ser necessário ficar a vida inteira dentro de casa, ou seja, que assim como os homens, têm o direito de trabalhar e construir uma família.

Julia Roberts em O sorriso de Mona Lisa
Julia Roberts em O Sorriso de Mona Lisa – Fonte imagem: fotograma Youtube Movieclips Classic Trailers

Se você gostou deste artigo sobre empoderamento feminino, então compartilhe com seus amigos no Facebook!

Veja também:

https://www.amigaironica.com.br/atrizes-gravidas-cena/