homem mais velho guinness
Advertisement

O homem mais velho do mundo é venezuelano. Juan Vicente Pérez tem 112 anos e por isso entrou para o Guinness World Book em 4 de fevereiro desse ano.

De acordo com o Portal de notícias UOL, antes de Juan Vicente, quem detinha o recorde era Saturnino de la Fuente Gracia. Saturnino viveu até quase os 113 anos. Ele faleceu com 112 anos e 221 dias.

Em entrevistas, Juan Vicente, hoje o homem mais velho do mundo, tem uma memória de dar inveja. Ele lembra de todas as datas especiais que dizem respeito à família e também sabe de cor o nome dos 11 filhos e 45 netos. Juan revelou que o segredo de uma vida longeva é “beber um copo de aguardente todos os dias”. Entretanto, dormir bem e além disso, trabalhar duro precisam ser metas de vida.

Juan Vicente nasceu na cidade de El Cobre, em 27 de maio de 1909. Ele conta que desde criança trabalhava com seus pais nas plantações de café e açúcar. O seu primeiro trabalho foi como agricultor até servir como oficial de justiça na cidade de Caricuena.

O legado do homem mais velho do mundo

Juan Vicente declarou para a Guinness que ele quer que as pessoas lembrem dele como um homem trabalhador, fiel à esposa e que te uma grande devoção religiosa.

Advertisement

O idoso ainda falou que adora estar junto da família e dos amigos. Além disso, sua filha Nelyda e a família toda, tem muita gratidão pela saúde do pai.

Como o Guinness escolhe as pessoas mais velhas

Em relação aos registros vivos de pessoas mais velhas, aqui está a declaração do editor-chefe da Guinness World Records, Craig Glenday:

Uma coisa é chegar a uma idade avançada, mas outra é poder provar isso de forma conclusiva. Esse é o desafio que os requerentes enfrentam ao se anunciarem como o homem ou a mulher mais velhos. Reivindicações extraordinárias exigem evidências extraordinárias, e nós, enquanto entendemos que ter acesso a certidões de nascimento originais e documentação de apoio à vida adulta pode ser difícil ou impossível para alguns candidatos, não nos desculpamos por insistir na precisão, autenticidade e justiça.”