Key Alves
Advertisement

Key Alves, jogadora de vôlei, esteve no “The Noite” com Danilo Gentili (SBT) da última terça-feira (26). Key é líbero do Osasco. Com mais de três milhões de seguidores, Key Alves é a jogadora de vôlei mais seguida do Instagram. Além disso, ela fatura altíssimo no site OnlyFans.

Key declarou que já recebeu “olhares tortos” e “chegadas mais duras” de suas adversárias. Isso porque, devido à sua popularidade a jogadora provoca o ciúme das outras: “No meu time não teve problema, graças a Deus. (Nos times adversários) teve uma olhadinha torta. O importante é defender (o ataque) e continuar o jogo, mas já acertaram muito a minha cara“, disse Key ao ser questionada sobre sua fama.

Ademais ela conta que tem uma irmã gêmea, keyt, que também joga vôlei. Porém, prefere que a irmã jogue em outro time: “A gente brigava muito, então acho que foi melhor. A gente disputava vaga, porque as duas são líberos, era bem complicado“.

Os times serão adversários pela primeira vez no dia 16 de agosto: “minha família está torcendo para os dois times… eu acho que eu vou ganhar, na verdade eu tenho certeza“, disse Key Alves.

Finalmente, a jogadora discorre sobre sua participação no OnlyFans.

Advertisement

Ela conta que Keyt foi a primeira a criar um perfil na plataforma e a incentivou.

Como Key Alves aparece no OnlyFans



Também disse que não usa somente peças caras nas fotos íntimas, além do valor que ganha e da procura dos assinantes para ter acesso à sua conta: “Pessoal acha que eu uso as roupas super caras, mas essa calcinha (mostra uma foto para Danilo) eu comprei lá no centro de Osasco. Não só o OnlyFans, toda rede social hoje me dá um valor muito bom, só que o vôlei, querendo ou não, é onde eu tenho meu salário, minha carreira, então acho que o pessoal acessa o OnlyFans por eu ser atleta e não só modelo. Para ver o outro lado da atleta“, explica.

A atleta deixou bem claro, desde o início, que jamais publicaria nudes. Além disso, revelou alguns pedidos inusitados: “Eles (assinantes) pedem fotos do meu pé, eu mando, é dinheiro, né? O valor máximo que já me pagaram foi dez mil. O que eu achei mais estranho foi a galera pedir meia minha depois do treino, queriam meu chulé e iam pagar muito por isso, só que não tive coragem, ainda. É minha meia, meu chulé. Eu amo meu chulé. Termina o treino eu pego a meia e cheiro. Adoro. Não dá para ser perfeita, tem que ter algum erro.”