Kim Kardashian e vestido Marilyn Monroe
Advertisement

Nesta segunda-feira (13), a polêmica sobre o vestido de Marilyn Monroe usado por Kim Kardashian ganhou espaço nas redes sociais. A princípio as imagens divulgadas mostraram os estragos causados pelo uso da peça no METGala 2022.

A estrela foi ao tradicional baile com o vestido que Marilyn usou há sessenta anos por ocasião do aniversário do então Presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, onde cantou “Happy Birthday Mr. President”.
Acima de tudo trata-se de uma peça histórica. Por isso toda a polêmica!!

Após o evento fashion, o vestido voltou para o museu Ripley’s Hollywood, onde fica em exibição para o público. E agora, imagens da peça mostrando que teria de fato voltado alargada após o uso por Kim Kardashian, viralizaram na internet.

Pelo Instagram, a página oficial da coleção particular de Marilyn Monroe, lamentou o ocorrido. Nesse sentido, foram divulgadas fotos e videos do antes e depois do “empréstimo” seguidos da legenda: “o vestido em exibição no Ripley’s Hollywood em 12 de junho de 2022. Tanta coisa para manter ‘a integridade do vestido e a preservação’. Ripley’s, valeu a pena?”, perguntou a conta.

Com mais um ‘antes e depois’, outra postagem mostra como o vestido sofreu outros estragos, como pequenos danos em seus cristais: “Caso você não tenha percebido…cristais faltando e outros pendurados por um fio”, de acordo com a página.

Advertisement

As críticas dos internautas


Internautas pelo mundo afora expuseram suas queixas diante do ocorrido: “Eu sou fã da Marilyn e isso pra mim foi uma tragédia anunciada. É óbvio que ia estragar um vestido que foi costurado no corpo da dona! A Kardasha (sic) tem grana para reproduzir esse vestido com qualquer estilista. Mas, para hypar, fez o que fez. Parabéns pelo ‘respeito’”, criticou a YouTuber Maíra Medeiros.

Por outro lado, Kim Kardashian se defende argumentado que foi muito difícil entrar no vestido da estrela. Para isso, ela fez uma dieta onde perdeu sete quilos em três semanas sem açúcar ou carboidratos.

A saber o vestido de Marilyn é considerado o mais caro a ser leiloado de todos os tempos. Em 2016 ele foi leiloado por US$ 4,8 milhões o equivalente a R$ 24 milhões.

A defesa de Kim Kardashian

Apesar de todos os ataques que sofreu com a polêmica, a socialite disse que tomou todos os cuidados para usar o vestido e que ciente da fragilidade da peça usou o modelo somente por alguns minutos, sem creme nem perfume. Em seguida, trocou por uma réplica idêntica: “Respeito muito o vestido e o que ele significa para a história americana. Eu nunca gostaria de sentar, comer ou correr o risco de qualquer dano acontecer a ele”, disse Kim.