rainha da favela

Ludmilla lançou e Rainha da Favela já está disponível em todas as plataformas digitais. O clipe da canção saiu durante a quinta-feira (12). Aliás, cumpriu com o prometido de que seria um babado! Ludmilla reuniu as lendas do funk Tati Quebra Barraco, Valesca Popozuda, MC Carol e MC Katia. Dessa forma, o clipe foi gravado na Rocinha para homenagear as origens e as estrelas do estilo que é sucesso no Brasil e mundo afora.

“É nas comunidades que moram as verdadeiras rainhas para mim, é da favela que saem as mulheres mais raçudas que já conheci e por isso essa homenagem às mulheres da favela”, falou Lud. No clipe, a cantora e suas dançarinas arrasam nos passinhos, além de contar com cenas picantes junto de sua esposa, Brunna Gonçalves, em uma cama cheia de dólares! Posteriormente, em certo momento ainda rola um banho de refrigerante.

“Tantas portas foram abertas graças a estas mulheres maravilhosas. E eu não posso negar que isso também me ajudou a escancarar tantas outras. Logo, quis mostrar para o público quem são as minhas rainhas”, disse ainda Ludmilla.

Ludmilla da resposta ao racismo

A cantora também foi uma das atrações do Prêmio Multishow 2020 e deu um show. Principalmente quando aproveitou a oportunidade para lançar sua música inédita “Rainha da Favela”. Além da música nova, também cantou seus sucessos dos últimos anos.

Durante sua performance de Rainha da Favela a artista deu o dedo do meio para o racismo. Isso porque a cantora já foi vítima em diversos momentos de sua carreira. Ao mesmo tempo, ela rodou áudios que mostravam o preconceito que já sofreu. Logo depois, se jogou no funk e nas batidas envolventes do seu single novo, enaltecendo o gênero musical que nasceu nas comunidades e é orgulho para todos nós.

Afinal, quem não curte um batidão, hein?

Se você gostou do nosso artigo, então compartilhe com os seus amigos no Facebook!

Imagens acima: Instagram Ludmilla