Madalena Gordiano

A triste história de Madalena Gordiano, mulher resgatada em novembro do ano passado em regime de escravidão, continua surpreendendo. Os investigadores do caso, agora descobriram que a família Milagres Rigueira usava todo o dinheiro da pensão da Madalena para as próprias despesas, enquanto a mesma não tinha dinheiro nem para comprar artigos de higiene.

A renda mensal de Madalena é de R$ 8,4 mil que é devida ao fato da mesma ter sido casada com Marino Lopes da Costa, um ex-combatente da Segunda Guerra Mundial, hoje falecido.

Contudo, quem administra o dinheiro é a família Milagres Rigueira.

O casamento entre Madalena e Marino teria sido organizado por Maria das Graças Milagres Rigueira, com a intenção de ter acesso a pensão que essa união traria. Marino na época (2001) era idoso e faleceu dois anos depois. Com o dinheiro Maria da Graça teria pago a universidade das duas filhas, uma das quais cursou medicina. Já para Madalena a família dava R$ 200, R$ 300 por mês.

Marino Lopes da Costa era tio da mulher de Dalton Milagres da Costa, filho de Maria das Graças.

O caso de Madalena Gordiano

O caso de Madalena foi revelado pela Tv Globo em novembro passado e causou comoção e revolta. Tudo começou quando Madalena tinha 8 anos e bateu na casa da professora Maria das Graças para pedir pão. De acordo com Madalena, a professora respondeu que não iria lhe dar pão, mas que a faria morar com ela.

Para a mãe de Madalena, Maria das Graças disse que iria adotar a menina, entretanto a adoção nunca foi formalizada. Visto as dificuldades em criar 9 filhos, a mãe da menina concordou.

E assim, o calvário de Madalena começou. De acordo com os vizinhos, ela acordava às 4 da manhã para passar roupa e não podia falar com os moradores do condomínio. Madalena trabalhou durante 38 anos sem carteira e não foi autorizada a frequentar a escola.

A maldade humana não tem mesmo limites!

Se você gostou do nosso artigo, então compartilhe com os seus amigos no Facebook!

Imagens acima: Reprodução TV Globo

Veja também:

https://www.amigaironica.com.br/casal-adota-menina/