Meghan Markle e o Príncipe Harry acabaram de assinar um contrato milionário com a Netflix, porém irão trabalhar atrás das câmeras. O casal está em alta na mídia americana que deu detalhes do contrato e afirmou que Meghan não quer voltar a ser atriz.

Em entrevista à CNBC o CEO da Netflix Reed Hastings, explicou os detalhes do contrato com os Duques de Sussex: “Sua missão basicamente é de serem produtores, incrementando assim a nossa capacidade de gerar projetos,essa é a chave do nosso acordo, e no momento eles demonstraram ter um bom olho para encontrar histórias dignas de serem contadas, e trabalharemos com eles unicamente nesses termos.

Eles estão trabalhando em um amplo leque de coisas para o entretenimento, e acho que estarão por trás de alguns dos conteúdos mais interessantes e famosos de 2021. Estamos falando de duas pessoas extremamente inteligentes e criativas.”

Muito feliz com a parceria, Reed Hastings ainda revelou que Meghan e Harry recusaram várias ofertas de trabalho que lhes ofereceram, pois estavam procurando por um grande projeto e uma parceria com uma empresa realmente sólida.

De acordo com uma fonte próxima do casal, ao assinar o contrato com a Netflix, Meghan Markle e Harry receberam a bolada de US$ 150 milhões. O contrato durará alguns anos e o casal deverá criar vários conteúdos, como séries, filmes e documentários.

Meghan Markle na série Suits

Quando Meghan e o Príncipe Harry se conheceram,ela era a protagonista do seriado americano Suits. Meghan interpretava a advogada Rachel Zane e atuou na série de 2011 a 2018. Quando Meghan deixou a série, o seu marido na trama Mike Ross, vivido pelo ator Patrick J. Adams, também acabou saindo, porém, foi chamado para participar de um episódio da nova temporada. Quando o perguntaram como estava Rachel, ele respondeu: “Se eu te dissesse quão bem ela está, você provavelmente não acreditaria em mim.” E não é?

Se você gostou do nosso artigo, compartilhe com os seus amigos no Facebook!

Foto acima: Instagram Meghanmarkle_official